Os desenhos de uma criança podem dizer muito sobre sua inteligência Seguir o Blog!
Pesquisadores descobriram uma relação entre o detalhamento do desenho de crianças com sua performance em tarefas cognitivas
Tem filhos, irmãos mais novos, sobrinhos? Dê uma olhada no caderno de desenho dos pimpolhos. Um estudo de longo prazo feito pelo King’s College London mostrou que há uma relação entre o detalhamento dos desenhos dos pequenos e sua inteligência. Para chegar a essa conclusão, eles analisaram mais de 7700 pares de gêmeos (idênticos e não idênticos) de quatro anos. Durante a análise, eles pediam que as crianças desenhassem alguém da idade delas. Então, os cientistas obsevavam o detalhamento do desenho. Quanto mais características o retrato tinha (cabelo, roupa, braço, dedos), mais pontos eram atribuídos ao desenho. Depois os gêmeos passavam por um teste simples de habilidades cognitivas. E aqueles que faziam desenhos mais detalhados também tiravam notas mais altas em testes verbais e não verbais que buscavam analisar sua inteligência. [ ... ]
Tags: cognição, criatividade, desenhos, educação, inteligência, observação, QI




Comentários:



Helio Rodrigues
Arte-Educador
Esse recorte de pesquisa, se bem compreendi, estabelece uma relação entre o nível de detalhamento de um desenho infantil com a inteligencia. A pesquisa também sugere que a inteligencia pode ser medida em pontos. Me preocupa, me preocupa muito imaginar pais e professores cobrando detalhes de uma figura ou paisagem como se fosse um recurso para o aumento da inteligencia. Se considerarmos o exercício das habilidades socioemocionais como fator de desenvolvimento, essa pesquisa parece ter desconsiderado tanto o social quanto o emocional. Uma porta desenhada, com ou sem maçaneta, não serve para medir o nível de observação de uma criança. A falta da maçaneta pode ser a expressão simbolizada de uma emoção ou sentimento. O criativo tem sim ligação direta com a observação, mas especialmente quando a observação se soma à capacidade de promover interpretações diferentes para o que foi observado. Além disso, uma observação criativa é sempre influenciada pela emoção de quem observa. Observar e descrever é diferente de observar e interpretar como fazem os criativos. A criatividade é uma das formas de inteligência. Habilitar-se para o social e para as experiências emocionais também.




powered by eLearning fit